Publicado por: barcos na ria | 07/07/2010

Exposição “Rialidades – a ria de Aveiro no olhar de Rui Bela”


cartaz da exposição

“rialidades – a ria de aveiro no olhar de rui bela”


Natural de Ílhavo, Rui Bela é o dinamizador há duas décadas do projecto “Rialidades – Enciclopédia Audiovisual da Ria de Aveiro”. A criação de um banco de imagens, vídeo e fotografias, retratando, desde início do século XX, as vivências da laguna, um ecossistema tão rico em biodiversidade,  tem sido uma das aspirações e preocupações deste autor ao longo da sua carreira.

O projecto “Rialidades” recuperou as memórias, captou momentos e registou, ao longo de mais de seis décadas, um precioso arquivo documental sobre a vida da Ria. Momentos únicos, muitos dos quais já extintos, fainas diárias que deram cor ao espelho lagunar (…).

Bela, Rui. “Rialidades” (DVD Rom). Aveiro. Ondavideo – Audiovisuais, Lda. 2005.


Como tem sido divulgado, Rui Bela conta já com cerca de duas dezenas de exposições efectuadas nos últimos três anos.

Do seu trabalho destaca-se a forma como capta, com grande sensibilidade, as cambiantes de luz da Ria de Aveiro onde a paisagem se vai transformando, minuto a minuto, numa sucessão de imagens de grande beleza e serenidade.

Dos seus registos constam os barcos moliceiros, de porte e colorido inconfundíveis, as bateiras de cores garridas, os bandos de aves e flora de toda a espécie que se reflectem no espelho lagunar.

Deixo referência a algumas das exposições que este autor tem realizado ao longo destes últimos três anos:

– 3 de Junho de 2007, exposição  “Rialidades”, composta por 60 fotografias, esteve patente na Galeria da Capitania, em Aveiro.

Fonte:  http://www.jornalbeiravouga.com/news/index.php?option=com_content&task=view&id=154&Itemid=29


– 1 de Agosto de 2008, exposição “Rialidades – a Ria de Aveiro no olhar de Rui Bela”, composta por 50 fotografias (recuperou um espólio fotográfico único da Costa Nova do Prado) e um documentário em vídeo, de 30 minutos, que retrata aquela por muitos considerada “uma das praias mais cosmopolitas de Portugal“, a costa Nova do Prado, prestando homenagem aos 200 anos do seu povoamento. Esteve patente na Galeria dos Paços do Concelho, em Aveiro.

Fonte http://www.cm-aveiro.pt/www/Templates/GenericDetails.aspx?id_object=30483&divName=2&id_class=2

http://caminho-azul.blogspot.com/2008_07_01_archive.html


– 16 de Maio de 2009, exposição de fotografia antiga, com o tema: “Costa Nova do Prado – 200 anos de Histórias e Tradições”, esteve patente no Museu Etnográfico da Praia de Mira, integrada nas “VII Jornadas Culturais da Gândara”.

Fonte:  http://noticiasdemira.blogs.sapo.pt/6278.html

http://amigosdavenida.blogs.sapo.pt/183942.html


– 31 de Julho de 2009, exposição “Entre duas barras”, esteve patente na Sala Afonso Cruz do Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz.

O subprojecto “Entre Duas Barras”, deriva do projecto mãe – Rialidades – e pretende dar a conhecer a realidade sociocultural do que está para além da Barra de Aveiro e da Figueira da Foz através do som e da imagem.

Fonte:  http://arteseeventosffp.blogspot.com/2009_07_01_archive.html


Rui Bela (fotografia do autor)


– A 10 de Julho de 2010, Rui Bela realizará a próxima exposição “rialidades – a ria de aveiro no olhar de rui bela”, a inaugurar pelas 17 horas na Galeria da Capitania, em Aveiro, e estará patente até dia 1 de Agosto, no seguinte horário: de terça a sexta-feira das 14h às 18h; Sábados, Domingos e Feriados das 15h às 19h.

Segundo ao autor, trata-se de um conjunto de três dezenas de originais relativos à Ria de Aveiro, que aqui estarão expostos, num trabalho que tem vindo a ser desenvolvido na área fotográfica, há cerca de uma década e especificamente para este projecto.

Para além de originais a cor, esta exposição privilegia um conjunto de fotografias da década de 50, do século XX, relativas às marinhas de sal de Aveiro, de grande valor patrimonial e artístico. Mais uma pretensão do autor, não só em captar, mas também em perpetuar no tempo a preservação dos hábitos e tradições das gentes que na laguna recolheram o ganha-pão diário ou simplesmente se serviram dela para passar alguns dos melhores momentos da sua vida. Os problemas que afectam a região, tais como a extinção gradual das salinas e da própria existência da laguna, com todas as consequências sociais, culturais e humanas, são uma das suas preocupações.

Esta exposição está enquadrada no programa das “Festas da Ria”, e é inaugurada no final de uma tarde bem marcada pela Regata de Moliceiros, entre a Torreira e Aveiro.


Fonte:  http://www.cm-aveiro.pt/www/Templates/GenericDetails.aspx?id_object=33789&divName=2&id_class=2

http://amigosdavenida.blogs.sapo.pt/482771.html

http://www.terranova.pt/index.php?idNoticia=4432


links de interesse sobre o autor  ( fotografia e vídeo):

http://www.youtube.com/user/Videoastas#p/u/4/Xfz8lPdswa4

http://www.ondavideo.com/

http://olhares.aeiou.pt/sultao


Responses

  1. Obrigado Etelvina por nos dar a conhecer mais esta exposição que tem inicio num fim de semana que se espera de grande actividade na ria.
    Vemo-nos pla ria.
    Miguel

    • Será um prazer cruzar-me com o “inobador”…
      Boa regata Miguel.
      Até sábado.
      Abraço,
      Etelvina

  2. pena não poder ir.

    mas isto de ser de aveiro não é para todos

    feliz por saber

    gosto muito dos trabalhos dele

    • Um abraço!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: