Publicado por: barcos na ria | 26/05/2010

VIII JORNADAS CULTURAIS DA GÂNDARA – Praia de Mira


 

JORNADAS CULTURAIS DA GÂNDARA 2010

“O património cultural e ambiental vai voltar a estar em debate no próximo fim-de-semana, no âmbito da oitava edição das Jornadas Culturais da Gândara.

De 28 a 30 de Maio o Centro Cultural da Praia de Mira e o Centro Residencial da Lagoa recebem o fórum de discussão sobre as temáticas locais e regionais.

Num ambiente de diálogo informal e partilha de conhecimentos, as jornadas vão abordar temas como o Programa Polis, a tradição dos Caretos da Lagoa, a pesca, a erosão do litoral entre outros, através de conferências, mesas redondas, exposições e outras iniciativas culturais e científicas.

Colocar o conhecimento especializado e a reflexão cultural ao serviço da comunidade, visando o desenvolvimento prático da sociedade, cultura e turismo local é o objectivo destes Encontros da Terra e do Mar, organizados pela Câmara Municipal de Mira, Centro de Estudos do Mar, Associação dos Amigos dos Moinhos e Ambiente da Região da Gândara, Centro Cultural e Recreativo da Praia de Mira e Junta de Freguesia da Praia de Mira.”

http://www.cm-mira.pt/Templates/GenericDetails.aspx?id_object=6785&divName=490&id_class=490

programa:


DIA 28 DE MAIO – SEXTA-FEIRA

Tema: CINEMAR – Ciclos de Cinema do Mar na Praia de Mira

21.00 horas – Projecção do Filme “Mudar de Vida”, de Paulo Rocha (Portugal, 1966), sobre Portugal nos Anos 60 do Século XX e os Pescadores das Companhas da Arte do Furadouro (35mm – preto e branco – 103 minutos — Realização: Paulo Rocha; Produção: António da Cunha Telles — Diálogos: António Reis — Música: Carlos Paredes — Intérpretes: Geraldo D’el Rey, Isabel Ruth, Maria Barroso, João Guedes, Constança Navarro, Mário Santos, Nunes Vidal, António Coelho, Edwiges Dias Simões, Gesta, João Brás, Soares Couto, Ilídio Baptista, António Pinho, e os pescadores e o povo do Furadouro (Ovar).

22.40 horas – Debate, com a presença do realizador Paulo Rocha.

Local: Centro Cultural e Recreativo da Praia de Mira.

DIA 29 DE MAIO – SÁBADO

09.30“Deixa Apenas a Pegada” – Acção de sensibilização e educação ambiental para a limpeza do areal da praia, no âmbito da Bandeira Azul da Europa (acção a realizar nas Praias de Mira e do Poço da Cruz).

10.00 – Visita ao espaço da Exposição (no andar superior da Lota da Praia de Mira) onde está a ser reunido o acervo destinado às colecções do MTM – Museu da Memória da Terra e do Mar de Mira (parceria Câmara Municipal de Mira – Centro de Estudos do Mar-CEMAR). Local: Edifício da Lota da Praia de Mira.

10.30 – Primeira mesa-redonda das Jornadas – Tema: Património Ambiental da Terra e do Mar de Mira – Presidente da Mesa: S.E. a Secretária de Estado do Ordenamento do Território e das Cidades, Doutora Fernanda Maria Rosa do Carmo Julião.

Local: Centro Cultural e Recreativo da Praia de Mira.

10.45 – C/Alm. António Silva Ribeiro (Sub-Chefe do Estado Maior da Armada da Marinha Portuguesa) — A Marinha e o Litoral Português.

11.00 – Doutora Teresa Fidelis (Presidente da Administração da Região Hidrográfica do Centro e da Sociedade Polis Litoral Ria de Aveiro – Sociedade para a Requalificação e Valorização da Ria de Aveiro SA) — O Ordenamento do Território e o Programa Polis Litoral Ria de Aveiro.

11.15 – Professora Doutora Raquel Soeiro de Brito (Vice-Presidente da Academia de Marinha, e coordenadora da respectiva Secção de Gestão e Ordenamento das Actividades Litorâneas) — Gestão e Ordenamento das Actividades Litorâneas.

11.30Debate, com comentário às alocuções anteriores por membros da comunidade e representantes do movimento associativo local.

11.45 – Apresentação da Exposição “Outra Terras, Outros Tempos, Outros Barcos: Modelos à Escala de Fernando Simões Dias (o Barco do Mar da Beira Litoral; a Barca da Lagoa e da Barrinha de Mira; a Bateira dos Cagaréus [Bateira Avieira] do Rio Tejo, etc.”; exposição facultada pelo Arq. Fernando Simões Dias (do Conselho Consultivo e Científico do CEMAR).

12.00 – Apresentação da Exposição “Modelos à Escala 1/32 de Manuel Alberto Pimentel Afonso: os Navios da Figueira da Foz na Pesca do Bacalhau”; exposição facultada pelo Senhor Manuel Alberto Pimentel Afonso (Cova-Gala, Figueira da Foz).

12.15 – Apresentação da Exposição “ Jóias sem tempo – Imagens de mulheres que nos embalaram o berço”; exposição facultada pelo Arquivo da Câmara Municipal de Mira.

15.00 – Segunda mesa-redonda das Jornadas – Tema: Raízes da Terra e do Mar: os Pescadores da Beira Litoral – Presidente da Mesa: C/Alm. António Silva Ribeiro (Sub-Chefe do Estado Maior da Armada da Marinha Portuguesa).

Local: Centro Cultural e Recreativo da Praia de Mira.

15.15 – Alfredo Pinheiro Marques (do Centro de Estudos do Mar – CEMAR) — Apresentação dos Projectos em curso: “Gente de Mira nas Companhas da Arte” e “Homens de Mira na Pesca Longínqua do Bacalhau”.

15.30 – Hermínio de Freitas Nunes (do Conselho Consultivo e Científico do CEMAR) — Camponeses, Pescadores e Gandareses — da Praia de Mira à Praia da Vieira.

15.50 – Projecção de um testemunho dos “Arquivos da Memória Oral da Foz do Mondego – A.M.O. Foz do Mondego – CINEMAR” (excertos de entrevista com Mestre Elísio Banca, construtor dos antigos Barcos da Arte, Bateiras, Batéis do Sal e outras embarcações usadas desde a Foz do Mondego até à Praia da Vieira de Leiria).

16.00 – Dr.ª Ana Maria Lopes (da Comissão Técnica e Consultiva do Museu da Marinha) — O Barco do Mar, de Espinho a Vieira de Leiria.

16.20 – Debate.

16.40 – Intervalo para café.

16.50Homenagem ao realizador Paulo Rocha e aos Pescadores das Companhas da Arte do Furadouro.

17.00 –Por especial atenção do realizador Paulo Rocha para com o público restrito dos pescadores e do povo da Praia de Mira, apresentação de excertos do seu novo filme, “Seu fosse ladrão roubava a filha ó Rei” (Portugal, 1996-2010 [2010]), obra em curso, actualmente em preparação, e que irá muito em breve ter a sua estreia (côr – 110 minutos — Realização: Paulo Rocha; Produção: Suma Filmes — Intérpretes: Isabel Ruth, Luís Miguel Cintra, Joana Bárcia, Carla Chambel, Raquel Dias, Chandra Malatich.

18.15 – Apresentação da Exposição “Embarcações e Construções Tradicionais da Praia de Mira – projecto CENTRARTE” (CMM-CEMAR), com obras de José Cação, João Cuco (Lim), João Facão, Aperino Marques Gil, João de Jesus, Evangelista Loureiro (Mestre Gadelha) e Orlando Santos.

Local: Centro de Informação do Património Cultural e Ambiental Marítimo (CIPCAM) da Praia de Mira (espaço CENTRARTE).

18.30 – Visita ao Museu Etnográfico da Praia de Mira e apresentação da Exposição “Caretos da Lagoa de Mira”, exposição facultada pelos Caretos da Lagoa.

Local: Museu Etnográfico da Praia de Mira.

20.00 – Jantar à moda dos Pescadores da Praia de Mira, organizado pela Câmara Municipal de Mira e o Centro Cultural e Recreativo da Praia de Mira.

Local: Centro Cultural e Recreativo da Praia de Mira.

21.15 – Espectáculo de Etnografia pelos Ranchos Folclóricos do Poço da Cruz e de Portomar, seguido de Fado e Música à Moda dos Pescadores da Praia de Mira, organizado pela Câmara Municipal de Mira e o Centro Cultural e Recreativo da Praia de Mira.

Local: Centro Cultural e Recreativo da Praia de Mira.

DIA 30 DE MAIO – DOMINGO

09.30 Passeio e Visita de Estudo: Da Vigilância Costeira aos Problemas da Erosão no Litoral Centro de Portugal, com Hélder Patrão, Nuno Rico, Pedro Dinis e Ricardo Paredes (AAMARG — Associação dos Amigos dos Moinhos e do Ambiente da Região da Gândara), Alfredo Pinheiro Marques (CEMAR – Centro de Estudos do Mar) e Carlos Milheirão (Junta de Freguesia da Praia de Mira).

Local de partida: junto do Monumento ao Pescador na Praia de Mira.

15.00 – Quarta mesa-redonda das Jornadas – Tema: Património da Terra e do Mar de Mira – Presidente da Mesa: Ângelo Lopes (Câmara Municipal de Mira).

Local: Fundação Pires Negrão, Lagoa de Mira.

15.15 – Apresentação do livro “Carta Geológica de Mira”, de Paulo Grego (editado pelo Centro de Estudos do Mar – CEMAR, com o apoio da Câmara Municipal de Mira) — Alocuções de Alfredo Pinheiro Marques (Centro de Estudos do Mar – CEMAR), Pedro Costa (Dept. Geologia da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa), e Paulo Grego.

16.00 –Debate.

16.15 –Intervalo para café.

16.30 – Encerramento das Jornadas. Tema: Cultura Popular da Terra e do mar: a Lagoa de Mira e os seus “Caretos da Lagoa” — Presidente da Mesa: Doutor Fernando Regateiro (Presidente da Assembleia Municipal de Mira; Presidente do Conselho de Administração dos Hospitais da Universidade de Coimbra).

Local: Fundação Pires Negrão, Lagoa de Mira.

16.45 – João Luís Pinho (Lagoa de Mira)— Os Caretos da Lagoa de Mira: entre o Passado e o Futuro.

17.00 Cardadores de Vale de Ílhavo — “Outras Tradições”.

17.15 – Projecção de alguns excertos do filme “Atrás da Campina”, de Alexandre Mestre (Portugal, 2008), sobre os Caretos da Lagoa de Mira (côr – 50 minutos — Realização: Alexandre Mestre; Produção: Código de Cores – Câmara Municipal de Mira – Andar Filmes — Intérpretes: os Caretos da Lagoa, e o povo da Lagoa de Mira).

17.30 – Dr. João Reigota (Presidente da Câmara Municipal de Mira) — Os Caretos da Lagoa e a Cultura Popular de Mira — Encerramento dos trabalhos das VIII Jornadas da Gândara – Encontros da Terra e do Mar 2010.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: